2bd5202822a32b97b754fb33e72db678

Cruzeiro 2 x 1 Santos – Gols & Melhores Momentos COMPLETO – Brasileirão Série A 2018

   



VOCÊ APOSTA? Então Veja Como Ter R$3.200 de Renda Extra Por Mês Sentado No Sofá de Casa Vendo Futebol Nestes 4 Vídeos Grátis ►► (Clique Aqui E Saiba Mais...)

● Para saber mais sobre essa grande OPORTUNIDADE, de como GANHAR DINHEIRO trabalhando na Internet com um Método 100% Garantido acesse aqui 👉🏻 http://bit.ly/lancestv

Cruzeiro 2 x 1 Santos – Gols & Melhores Momentos COMPLETO – Brasileirão Série A 2018

De virada, o time reserva do Cruzeiro venceu o Santos na noite deste domingo, no Mineirão, em Belo Horizonte, por 2 a 1, com gols de Sassá e Raniel. Artilheiro do Campeonato Brasileiro, agora com 13 gols, Gabriel foi quem abriu o placar para o Peixe, que teve inúmeras chances de ampliar a vantagem antes de sofrer a virada, mas acabou desperdiçando todas.

A Raposa agora é a sétima colocada. O Alvinegro é o décimo e findou uma sequência de sete jogos sem perder no torneio nacional. Em jogo adiado da terceira rodada, o Santos recebe o Vasco nesta quinta-feira, no Pacaembu. Um dia antes, o Cruzeiro recebe o Palmeiras, pela semifinal da Copa do Brasil.

Cabeça de artilheiro!
O faro de gol de Gabriel continua apurado. Bastaram 15 minutos de jogo para o camisa 10 abrir o placar no Mineirão, após bom passe com efeito de Carlos Sánchez. De cabeça, o Menino da Vila chegou ao 13º gol no Brasileirão. A jogada começou em cruzamento de Victor Ferraz e um bom trabalho coletivo nas proximidades da área. À vontade com o técnico Cuca, o atacante tem sido cada vez mais decisivo para o Peixe.

No começo da etapa complementar, ainda sofreu um pisão no tornozelo dentro da área. A arbitragem não deu o pênalti. Com os pés e de cabeça ainda tentou vencer Fábio em lance seguinte, mas viu o goleiro fazer duas boas defesas.

Bons goleiros x chances perdidas
Se Gabriel aumentou ainda mais a fase artilheira, os dois goleiros certamente melhoraram ainda mais seus respectivos currículos. Primeiro, Vanderlei fez duas boas defesas para evitar o que seria o gol de empate do Cruzeiro. David e Murilo quase fizeram. Depois, alguns minutos após uma cobrança de falta de Rodrygo no travessão, Fábio fez ótima defesa em chute de Gabigol e ainda fechou a porta em tentativa de Rodrygo, que recebeu bom passe de Bruno Henrique e viu o camisa 1 abafar a jogada e evitar o 2 a 0. O Rayo, que em clássico contra o São Paulo já havia perdido chance clara de gol, voltou a decepcionar os santistas.

Dedo do técnico
O primeiro tempo não tão bom do Cruzeiro fez com que Mano Menezes mexesse na equipe. Sassá precisou de dois minutos para mostrar que o treinador acertou. Após cruzamento de Edílson, o atacante, colocado em campo no lugar de Rafael Sobis, mandou para o fundo das redes de Vanderlei. A entrada de Robinho também deu novo ânimo à Raposa, que ganhou corpo no meio-campo.

A bola pune…
A boa atuação de Gabriel seguiu até o fim do jogo, colocando na conta de Bruno Henrique o lance inacreditável no Mineirão. O camisa 10 fez ótima jogada dentro da área, driblou o marcador e tocou para Bruno subir livre, com o gol aberto, e cabecear para fora. Custou caro.

Minutos mais tarde, Raniel apareceu livre de marcação na grande área para subir e decretar a virada do Cruzeiro, após bom cruzamento de Edílson e desvio de David. O Peixe ainda pôde marcar em cobrança de falta, mas Victor Ferraz viu sua boa batida parar em ótima defesa de Fábio mais uma vez.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 2 X 1 SANTOS

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 23/9/2018 – 19h
Árbitro: Bráulio da Silva Machado (SC)
Assistentes: Helton Nunes e Neuza Inês Back (ambos de SC)
Público/renda: –
Cartões amarelos: Murilo (33’/1°T) e Egídio (49’/2ºT) (Cruzeiro) e Victor Ferraz (27’/2ºT), Dodô (37’/2ºT) (Santos)
Cartões vermelhos: –
Gols: Gabigol (15’/2ºT), Sassá (1’/2ºT) e Raniel (37’/2ºT)

CRUZEIRO: Fábio, Edilson, Manoel, Murilo (Léo, aos 6’/2ºT), Egídio, Éderson (Robinho, no intervalo), Ariel Cabral, Bruno Silva, David, Rafael Sóbis (Sassá, no intervalo) e Raniel. Técnico: Mano Menezes.

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Robson Bambu, Luiz Felipe e Dodô; Alison (Yuri, aos 25’/2ºT), Diego Pituca e Carlos Sánchez (Bryan Ruiz, aos 39’/2ºT); Rodrygo, Bruno Henrique (Copete, aos 39’/2ºT) e Gabigol. Técnico: Cuca.

Bombando na Web:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.